sexta-feira, 11 de abril de 2008

Test Drive de Sobremesas em Restaurantes Buffet Livre de até 8 reais!


Por Nilton Rodrigues


“Só come besteira”. A frase típica das mães nunca teve tanta verdade como neste test drive revolucionário que estou inaugurando agora. Como Zona Fantasma também é utilidade pública, farei uma pesquisa das melhores sobremesas servidas em restaurantes buffet livre de até 8 reais, de Porto Alegre.
Na realidade a maioria desta gurizada sapeca que sabe o que quer, sempre olha primeiro para a sobremesa, e o estágio mais crônico desta mania, o dito cujo nem mastiga direito a comida para chegar no momento mais esperado do meio-dia.
Começaremos com o Restaurante Santo André do Bairro Sarandi, aqui bem pertinho da agência onde trabalho.

Quindão: um luxo, porém uma incógnita. Às vezes vem quente e com um gosto de ovo muito acentuado, outras vezes vem cremoso e saboroso, porém a altura dele deixa a desejar, resultando numa degustação rápida. NOTA: 7

Torta de Bolacha: uma delicia para este Zoneiro que vos fala. Eles pensam que me enganam, às vezes tem até pêssego do doce do dia anterior lá no meio, e se procurar bem, até uns pedaços do quindão citado acima, mas o creme que envolve a dita cuja tem um gostinho de quero mais (modo sessão da tarde ativado). NOTA: 9

Sagu: este é um sarro, quem encontrar uma bolinha de sagu alí ganha um carro 0 km. Tu pega uma colherada e o que vem é só o bom e velho Frei Damião de R$ 2,70 do Zottis, mas mesmo assim tem um gosto agradável se misturado com o creme de baunilha.
NOTA: 3 (sem creme) 8 (com creme)

Salada de Fruta: um clássico dos restaurantes buffet, quase um coringa, afinal, todas as saladas de fruta do universo são iguais.
NOTA: 7,5

Pudim: uma bela textura, porém passa longe do sabor do pudim da minha vó. Além de não ter aquele caldinho.
NOTA: 5

Pudim de Gelatina: what a hell is that? Para mim, esta é uma Zona negativa que nunca me aventurei com medo de perder minha alma. Quem experimentou, favor mande relatos.
NOTA: NA (Não Avaliada)

Bueno, o saldo final é satisfatório, porém longe de ser o paraíso pós-lombinho de porco.

Essa é a primeira parte de uma pesquisa que visa encontrar o melhor custo benefício 8 reais livre/pança cheia de besteira. Continue ligado e mandem contribuições gastronômicas.